42-16559927Então, vieram duas mulheres prostitutas ao rei e se puseram perante ele. E disse-lhe uma das mulheres: Ah! Senhor meu, eu e esta mulher moramos numa casa; e tive um filho, morando com ela naquela casa. E sucedeu que, ao terceiro dia depois do meu parto, também esta mulher teve um filho; estávamos juntas, estranho nenhum, estava conosco na casa, senão nós ambas naquela casa. E de noite morreu o filho desta mulher, porquanto se deitara sobre ele. E levantou-se à meia-noite, e me tirou a meu filho do meu lado, dormindo a tua serva, e o deitou no seu seio, e a seu filho morto deitou no meu seio. E, levantando-me eu pela manhã, para dar de mamar a meu filho, eis que estava morto; mas, atentando pela manhã para ele, eis que não era filho que eu havia tido. Então, disse a outra mulher. Não, mas o vivo é meu filho, e teu filho, o morto. Porém esta disse: Não, por certo, o morto é teu filho, e meu filho, o vivo. Assim falaram perante o rei. Então, disse o rei: Esta diz: Este que vive é meu filho, e teu filho, o morto; e esta outra diz: Não, por certo; o morto é teu filho, e meu filho , o vivo. Disse mais o rei: Trazei-me uma espada. E trouxeram uma espada diante do rei. E disse o rei: Dividi em duas partes o menino vivo: e daí metade a uma e metade a outra. Mas a mulher cujo filho era o vivo falou ao rei (porque o seu coração se lhe enterneceu por seu filho) e disse: Ah! Senhor meu, daí-lhe o menino vivo e por modo nenhum o matais. Porém a outra dizia: Nem teu nem meu seja; dividi-o antes. Então, respondeu o rei e disse: Daí a esta o menino vivo e de maneira nenhuma o matais, porque esta é sua mãe. E todo o Israel ouviu a sentença que dera o rei e temeu ao rei, porque viram que havia nele a sabedoria de Deus, para fazer justiça. I Reis 3.16-

Podemos evitar o reconhecimento das nossas deficiências e fraquezas, atribuindo-as aos demais. O desejo que não pode ser realizado. Vêem que os demais realizam o que elas mesmas desejaram inconscientemente. Na realidade, o ódio surge do amor que está reprimido nela mesmo. A Projeção de um futuro melhor; reproduzir naquela criança um futuro melhor, seus sonhos se realizariam naquela criança. Seus projetos estavam acabados. A mãe não aceitava a morte, e inconscientemente sofre um choque, uma desilusão e, quando olhamos o mundo através das nossas emoções, nossos sentimentos deformam a interpretação objetiva. Os limites entre o subjetivo (o eu) e o objetivo (o meio) se confundem. Todo o raciocínio é inútil. A emoção e não o raciocínio, lhe afeta o juízo de maneira profunda. Enfermidade mental impera, não apenas as idéias de refer6encia, mas, também as alucinações e ilusões.

O transtorno mental faz com que aquela mãe projetasse seu filho morto, no filho da outra que estava vivo. Como enfrentar uma realidade tão cruel. A esperança de revestir de luz o que era trevas. Uma vida de conflitos, rejeição, humilhação, infelicidade, tristeza. Uma tensão psíquica – mudança de vida, olhar para os olhos do seu filho e saber que alguém poderia amá-la de verdade. O seu filho estaria ali, nas horas mais difíceis. Seu projeto não poderia ter acabado.

O egoísmo de querer que os sonhos da outra mãe também terminassem.

Existem pessoas que não descobriram o seu valor: só têm valor de uso, não existem para si, portanto não são capazes de amar. São pessoas potencialmente, mas não se tornaram pessoas. São infelizes porque a unidade que vem de fora não atende as necessidades que vêm de dentro. O movimento do amor nasce de dentro do ser humano, do coração, mas existem pedras e, não almas. O desenvolvimento de uma criança no seio de sua mãe não se processa como o surgimento de uma estátua das mãos de um artista. É algo novo, algo que ultrapassa algo que acontece e se desenvolve independentemente da arte, é sonho, é vida. Achar a verdade. A verdade não é dada simplesmente pela lógica de raciocínios; ele é meta de uma busca com a vida. Ver a verdade de um ponto de vista, mas, podem existir outros. Cada pensamento é um esforço de se aproximar do real para poder lidar com ele. Muitas vezes as idéias não são aceitas porque não leva em conta toda a complexidade do real. Às vezes é dura a conquista de um pensamento objetivo e realista, porque muitos pensamentos são tão poderosos que conseguem transformar o irreal no real, uma mentira de aceitação lógica como verdade. O pensamento endoida, e ele pensa que tem a verdade. A verdade da vida, entretanto, não se obtém apenas com o pensamento, mas com a ação.

A palavra tem um poder extraordinário, quando ela é verdade. João 8.31 Disse Jesus: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente, serão meus discípulos, e 32- Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

Duas prostitutas. Haveria sim uma vida digna, uma verdade que liberta. João 8.11 – A prostituta reprovada e repreendida por homens pecadores.Quando aqueles homens pegam pedras para apedrejar aquela prostituta, então Jesus começa a escrever na areia . Olha para aqueles homens e disse-lhes: Aquele que dentre vós está sem pecado seja o primeiro que atire a primeira pedra. Disse Jesus: Ninguém te condenou e , nem Eu te condeno, vais e não pegues mais.

Jesus como a verdade, remove as trevas e o engano, iluminando o caminho certo para Deus. Na atitude com a mulher que perdeu seu filho, Jesus não a condenaria como pessoa indigna, mas a trataria com bondade, clemência e paciência, para levá-la ao arrependimento.

A mentira é uma destacada característica do mal, é a fonte geradora de toda a falsidade, e um dos sintomas mais claros da impiedade de uma pessoa.

O amor de Deus em Cristo excede todo o entendimento. A Bíblia declara que Deus é amor e fonte dos conhecimentos perfeitos. Acima de sua vida está também o bem de outra vida.

Devemos caminhar rumo ao que é correto, o que é perfeito, e somente assim nos encontraremos com a verdade que é o próprio Jesus.

Olhar para os olhos de um filho sem vida é perder as esperanças, perder o direito de sonhar, de construir, de trabalhar para dar o melhor para alguém que seria o futuro. O mundo cai, e, ao invés de chão, apenas abismo. Como prosseguir caminhando se o coração está sangrando, se a alma está gemendo, se o corpo que você gerou está sendo sepultado? Fica apenas um olhar fixo em algum lugar e, de repente , quando se nota , ainda existe vidas que depende do seu amor, do seu carinho. Olhar que está fixo em você dizendo: Vai dar certo porque eu ainda existo, e preciso de você. Então, começa a criar forças para caminhar , e em meio a um passo e outro, descobre que a dor não é só sua, que existem pessoas com a mesma dor , e que terão que aprender a viver ou sobreviver de algum modo, de alguma maneira porque a vida continua. O que se aprende é fixar os olhos nos olhos de alguém especial, outros filhos, alguém que realmente te ama, enfim, a força de um olhar como o do próprio Cristo, que é um fogo que acende a alma, e impulsiona para a vida, porque ela continua.

Explicação nunca se terá, falar desta dor não tem vocabulário que a possa expressar, então se imagina o desespero desta mãe que cansada, depois de um dia duro de trabalho para conseguir sobreviver, dorme, e sem perceber por causa do cansaço mata o seu próprio filho.

Não importa qual era sua profissão, porque a dor sempre será igual para todos e, aqui estou ressaltando a mesma dor que é perda de um filho, e fico no final da minha história pensando: Como seria bom que a criança que sobreviveu, ao invés de uma, pudesse ter duas mães.

Se o mundo fosse de compartilhar o amor, não haveria tantas crianças abandonadas, esperando apenas por um sorriso, um abraço. E são nos olhos destas crianças que adquirimos forças para continuar. Eles existem, estão por toda a parte, esperando que você se levante da dor e faça algo por eles. O seu filho já está com Deus, e estas crianças ainda estão aqui na terra querendo apenas uma mãe do coração.Levante e comece a caminhar, e, por onde você passar, verá que são inúmeras, sem roupas, sem comida, doentes, desabrigadas, esperando apenas pelo gesto do seu amor.

I Cor. 13- Se eu não tiver o amor eu nada sou Senhor.

Amor como atividade e comportamento, e não apenas como sentimento ou motivado interior. O caminho mais excelente do exercício do amor é entregar seu filho para não vê-lo morrer. Deus valoriza e destaca o caráter que age com amor, compreensão, sinceridade de atitude. Deu Seu Filho como prova deste amor. Pra que brigar se você pode amar? Não espere faltar alguém na sua família para aprender a se doar em amor. A vida passa rápido demais para desperdiçá-la com picuinhas.

Valorize a vida que está em você.

6 comments on “SALOMÃO JULGA A CAUSA DE DUAS MULHERES

  1. OLHA QUERO DAS OS PARABENS PELO TRABALHO REALIZADO QUE O SENHOR CONTINUE ALARGANDO SUAS FRANTEIRAS COMO A DE JABES OK DSEJO SUCESSO A VCS DO MINISTERIO TORNADO DE FOGO OK PAZ

  2. somente uma pessoa expirada pelo espirito santo pode se usado desta maneira parabens jesus e contigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

71.652 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>