DUAS FACESO CHAMADO É FAZER ALGO PARA Deus. A profissão eu escolho; o chamado eu recebo.

Exerço uma profissão para mim mesmo; o chamado é algo que faço para Deus.

A profissão me promete status, dinheiro ou poder; o chamado promete dificuldades e até certo sofrimento. A carreira profissional pode acabar em aposentadoria. O chamado só termina quando se morre. As recompensas da carreira profissional podem ser visíveis, mas temporárias. A importância de um chamado dura toda a eternidade.

Quando Deus chama alguém, Ele o capacita a cumprir seu chamado mesmo sob as circunstâncias mais adversas.

Qual a diferença de estar em missão ou fazer da missão uma profissão?

Um profeta é alguém que fala antecipadamente, alguém que anuncia antes uma mensagem divina que, às vezes, pode incluir o prenúncio de eventos futuros. Os profetas são especialmente dotados de discernimentos nos conselhos do Senhor e servem como seu porta-voz. Profecia é uma dádiva do Espírito Santo.

Apóstolos é um mensageiro especial, delegado, alguém comissionado para uma tarefa ou especial, alguém que é enviado com uma mensagem.

Marvin Vicente registra três características de um apóstolo:

Alguém que teve um encontro visível com o Cristo ressuscitado; b- alguém que funda igrejas; c- alguém que ministra com sinais, prodígios e milagres.

Ministros, portanto, é trabalhar para o povo.

Falsos pregadores-Obreiros fraudulentos- levam seus seguidores ao naufrágio espiritual.

Satanás, o grande enganador, utiliza homens maus como seus agentes, transformando-os em falsos apóstolos e obreiros fraudulentos.

A Bíblia diz que esses ministros e líderes enganosos são pessoas que, capacitadas por Satanás, dão a impressão de realizarem grandes coisas na obra de Deus, pregam mensagens evangélicas atraentes, e, aparentam serem pessoas santas, mas na realidade, são lobos devoradores, sempre esperando para dar o bote final nas ovelhas desamparadas. Imitam os verdadeiros ministros de Cristo e colocam na sua mensagem toda “aparência de piedade “. Parecem sinceramente solícitos e amorosos, e falam em perdão, paz, felicidade, fraternidade e muitas outras coisas construtivas, mas vivem sob influência de Satanás.

O evangelho deles é, geralmente segundo o raciocínio humano, e não uma interpretação verdadeira da revelação de Deus.