42-21818444

PSICOPEDAGOGIA ATRAVÉS DA PALAVRA-

TEMPERAMENTO-

O caráter é um conjunto de condições fundamentais, quer de inteligência, de sensibilidade e de vontade, quer mesmo fisiológicos que distinguem um indivíduo de outro qualquer. Em sentido restrito e sob o aspecto moral, o caráter é uma força da alma, uma energia da vontade, uma firmeza de princípios que dão ao indivíduo uma diretriz bem definida na sua conduta.É neste sentido que se diz que este ou aquele indivíduo é bom caráter ou é uma pessoa de caráter.O caráter é devido a fatores de duas origens:uns inatos e outros adquiridos.Como fatores inatos aponta-se o “temperamento”e adquiridos “experiências bio-social.

O Temperamento é um conjunto de características gerais que definem o indivíduo fisiologicamente, mas, relacionando-se com o espírito. Estas características dizem respeito aos órgãos do corpo em geral, ao funcionamento do tecido nervoso em especial e à influência que uns e outros exercem sobre o espírito. O bom e o mau funcionamento dos nossos órgãos exercem como sabemos uma grande influência nas nossas disposições psíquicas, principalmente nas afetividades. Formar um caráter forte é uma das condições para a posse de um caráter firme( Pr. Alberto Montalvão).

O Temperamento na medicina é a parte do psiquismo. Relaciona à estrutura corporal, mediante mecanismos bioquímicos e nervosos.Uma pessoa temperamental é de caráter instável, difícil.Diz-se de quem reage seguindo tão-só os impulsos de seu temperamento.

O Temperamento explica nosso comportamento, sendo parte de nossa natureza humana, ele deve ser controlado. Os Temperamentos básicos não se modificam, mas seus pontos negativos podem ser disciplinados, reorientados e até corrigidos se nós nos conscientizarmos de quais são os aspectos de nosso temperamento que interfere no nosso desenvolvimento espiritual. A idéias de reconhecer os pontos positivos e negativos de cada temperamento ajuda-nos a compreender melhor nós mesmos e aos outros, de forma bem melhor como agirmos ou reagirmos diante de circunstâncias que surgem para tirar o equilíbrio emocional,o controle psíquico e o domínio físico.

Hipócrates- famoso médico grego cunhou um dos primeiros estudos sobre o tipo de personalidade. Sugeriu que “existiam quatro tipos básicos de personalidade, associados aos quatros humores corporais:

A – MELANCÓLICO (deprimido)-um excesso de bile negra produzia o tipo melancólico;

B-COLÉRICO (irritável)-um excesso de bile amarela produzia o tipo colérico;

C-SANGUÍNEO (otimista)-produzido pelo sangue;

D-FLEUMÁTICO-(calmo, impassível)-produzido pela fleuma”.

Lembre-se que nosso temperamento caminhará conosco durante toda a vida. Ele é parte permanente da nossa personalidade, mas ao amadurecermos, crescermos ele se modificará.

Ef 4.30 E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção.Longe de vós toda a amargura, e cólera, e ira e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda malícia. Antes sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros como também Deus em Cristo vos perdoou.

O segredo de todo o temperamento está: ser controlado (a) e dominado (a) pelo Espírito Santo.

Pedro; um dos grandes apóstolos de Cristo foi um exemplo de vida transformada pelo Espírito Santo. Antes da ressurreição Pedro era tido como o homem TROVÃO- explosivo,nervoso,irritado,inquieto .Vamos ler em Mt 16.22,23.E Pedro, tomando-o de parte, começou a repreendê-lo, dizendo:Senhor, tem compaixão de ti; de modo nenhum te acontecerá isso.Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que SÃO DE DEUS , mas só as que são dos homens.

Pedro estava tentando ser um obstáculo, uma armadilha para desviar Jesus do seu objetivo. Quantas vezes nos deparamos com pessoas que tentam nos tirar do foco.São pessoas peçonhentas, que lançam esta secreção venenosa, esta substância que altera ou destrói as funções vitais,à fim de nos afastar do caminho em que escolhemos para servir somente à Cristo.às vezes essas pessoas caminham conosco lado a lado, mas são serpentes peçonhentas.

Mt 23.33 Serpentes, raça de víboras! Como escapareis da condenação do inferno?

Os escribas e fariseus recusavam a verdade, como também ergueram barreiras, através de seu legalismo, perante aqueles que estavam em busca da verdade. Eram contraditórios, escrupulosamente atentos às coisas externas, cegos espirituais. Eles prestavam bastante atenção a assuntos relacionados à purificação espiritual, enquanto ignoravam a procura de Deus por santidade interior.Eles próprios tramaram para matar o Filho de Deus. Eles rejeitaram o Rei dos Reis. Homens descontrolados por seus temperamentos porque não compreendiam as coisas do Espírito de Deus. E assim acontece hoje nas igrejas e famílias-pessoas descontroladas, prontas para destilar o veneno diabólico, para matar através de uma única palavra ,jorrando sua peçonha infernal.

Mt 18.10 Então, Simão Pedro, que tinha espada, desembainhou-a e feriu o servo do sumo sacerdote, cortando-lhe a orelha direita.

Pedro sempre descontrolado pelas suas emoções. Um temperamento explosivo.

Mt 26.34 Disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que, nesta mesma noite, antes que o galo cante três vezes me negarás. Disse-lhe Pedro: Ainda que me seja necessário morrer contigo, não te negarei.

Em Mt 26.74-Então, começou ele a PRAGUEJAR e a jurar, dizendo: Não conheço esse homem. E imediatamente o galo cantou.

Este era o Pedro carnal, descontrolado pelas emoções, mas foi um período de aprendizagem. Durante os anos de convivência pessoal com Jesus, aprendeu a conhecer-se a si e a sue Mestre. Cristo restaura-lhe o coração com paz e confiança e o comissiona a incumbência máxima: levar a luz, descobrir a escuridão espiritual, moral e intelectual, mostrar o caminho da verdade. De um ser incontrolado ,para controlado pelo Espírito Santo.Deixar que o Espírito do Senhor seja a sede das afeições, vontade, desejo, emoções, mente, razão e compreensão.Pedro muda de perturbado, desordenado, tumultuado, agitado, para pacificador, conselheiro,amigo,compreensivo,cheio do amor de Deus para com os oprimidos.

Jo 20.21  Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós.

Uma nova vida. Capacitados, convicto de continuar aquilo que Jesus havia começado.Deus está aqui e agora presente e ativo nas vidas daqueles que querem mudar para melhor. Não importa para Deus o teu temperamento, pois, Ele vai te moldar segundo o Seu coração. Dominado e controlado pelo Poder do Espírito Santo de Deus.

Pedro era um simples pescador e, mal sabia falar,mas Deus o transformou em um grande orador.Somente com a força do Deus todo poderoso é que seremos transformados.

Is.60.1 Levanta-te, resplandece, porque já vem a tua luz, e a glória do Senhor vai nascendo sobre ti.

                                                                    Pastora e Psicopedagoga – “Monica Druzian Goes”